27/04/2014

Compromisso com políticas sociais é um dever, afirma Flávio Dino em visita a Buriti e Duque Bacelar

A forte presença de movimentos sociais e entidades civis foi a grande marca do movimento Diálogos pelo Maranhão ocorrida no último sábado, quando as cidades de Buriti e Duque Bacelar recepcionaram o pré-candidato a governador, Flávio Dino, para discutir o Programa de Governo que está sendo construído a partir de plenárias e seminários realizados em centenas de cidades do Maranhão.
Com a presença de representantes do Sindicato dos Professores, dos Agricultores Familiares, de Grupos Culturais, Sociedade Civil organizada para propor novas soluções para antigos problemas do Maranhão e outras entidades estiveram com Flávio Dino (PCdoB), Roberto Rocha (PSB), deputados, vereadores e lideranças políticas da região para relatar os problemas locais – que precisam de ação direta dos governos para serem superados.

Presidente estadual da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura no Estado do Maranhão (Fetaema), Francisco Miguel esteve em Buriti para reafirmar os compromissos assumidos em documento por Flávio Dino em investir fortemente na produção maranhense. A defesa de investimentos em agricultura também foi defendida por Antônio Flora, presidente municipal da Fetaema de Buriti.
Além disso, Chico Miguel relatou aos presentes que as diretrizes baseadas na assistência técnica, na Educação para o campo e no incremento das políticas sociais voltadas para o campo. “Não aguentamos mais tanto massacre e por isso nos unimos a essa corrente que quer mudança para o Maranhão,” afirmou.
Outra classe que foi representada no evento foi a de Educadores. O presidente estadual dos Trabalhadores em Educação pediu que a classe política tenha especial atenção pelo desenvolvimento da Educação, superando índices de analfabetismo que aumentaram durante o governo Roseana Sarney. “

Queremos ser exemplo de superação, mostrar que os maranhenses são lutadores e vão deixar para trás esse ciclo de atraso,” disse Júlio Pinheiro.
Diante de relatos de esperança e superação, Dino afirmou às centenas de presentes que é preciso olhar para frente. “Queremos um Maranhão com grupos culturais com apoio, professores valorizados, estradas com estrutura adequada. Vamos virar a página dos problemas do Maranhão junto,” afirmou ao ser indagado sobre a estrada que liga Buriti ao povoado Palestina, ligação com os municípios de Brejo e Anapurus, que está completamente desestruturada.
Construir um Maranhão mais Igual e mais Justo
Em visita ao município de Duque Bacelar, Flávio Dino e Roberto Rocha afirmaram que as propostas apresentadas para o Programa de Governo têm como principal meta oxigenar as instituições públicas do estado, fazendo com que elas funcionem para todos e que os serviços públicos atinjam dos municípios maiores aos menores.
“Administrar R$ 14 bilhões é tarefa para quem tem compromisso com as políticas sociais. É essa a função de um governador: transformar as riquezas do nosso estado em mais qualidade de vida para quem mais precisa”, foi o que Flávio Dino defendeu em reunião com centenas de moradores de Duque Bacelar. Roberto Rocha acrescentou que as propostas apresentadas esta semana significam a reafirmação de compromissos com o desenvolvimento social.
O procurador federal Cláudio Furtado foi um dos destaques no evento e afirmou que, a partir de pessoas comprometidas com a renovação das práticas políticas, é possível colocar em marcha as mudanças que o Maranhão precisa.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade e seja bem vindo ao debate!