02/05/2012

Bira propõe CPI da pistolagem

O deputado Bira do Pindaré (PT) anunciou nesta manhã de quarta-feira (02) que vai apresentar, ainda esta semana, requerimento solicitando a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar crimes de pistolagem no Estado.
O parlamentar relacionou os últimos crimes de encomendas no Estado, entre os quais o do jornalista Décio Sá, assassinado covardemente num bar da Avenida Litorânea próximo ao local onde há 15 anos pistoleiros executaram o delegado Stênio Mendonça.
Bira entende que somente uma CPI poderá investigar, sem qualquer amarra, os assassinatos do jornalista Décio Sá, do empresário José Mauro Queiroz, do líder camponês Raimundo Cabeça, da líder indígena Maria Amélia Guajaja, assim como do ex-prefeito de São Pedro da Água Branca, Francisco Ferreira Sousa, do empresário João Ribeiro Lima, entre outros.
Para o parlamentar petista, O Maranhão vive hoje uma situação em que a pistolagem demonstra toda a sua vitalidade e sua força, por isso a Assembleia Legislativa deve se posicionar e tomar uma atitude. "Estamos no momento de fazer uma reflexão, por isso tomo a inicitiva de propor a CPI porque ela tem poderes para facilitar a investigação", defende.

3 comentários:

  1. kkkslhhhhuhuis só pra testar...

    ResponderExcluir
  2. kkkslhhhhuhuis só pra testar...

    ResponderExcluir
  3. kkkslhhhhuhuis só pra testar...

    ResponderExcluir

Fique à vontade e seja bem vindo ao debate!