19/03/2012

Valdomiro Santiago, mais um larápio em nome de Deus

Hoje cedo vi uma matéria denúncia da TV Record revelando as maracutaias do Pastor Valdomiro Santiago, "dono" da Igreja Mundial do poder de Deus. A matéria revelou em documentos e imagens o patrimônio avaliado em mais de 50 milhões de reais investidos em fazendas luxuosas e gado na região do Pantanal, tudo isso em nome da exploração da fé de uma massa gigantesca. Detalhe: quem denuncia é a TV Record de propriedade do "menino de deus" Edir Macedo, o homem honesto da Universal do Reino de Deus de quem Valdomiro foi pupilo.

Zé Ramalho já nos diz "O povo foge da ignorância apesar de viver bem perto dela" em outro trecho acrescenta"....vida de gado, povo "marcado êh, povo feliz..." Valdomiro parece ter certeza de que já comprou o céu e que ele fica na Amazônia..
 

2 comentários:

  1. A QUESTÃO É QUE AS PESSOAS GOSTAM DE SER ENGANADAS, SE O VALDOMIRO SANTIAGO, EDIR MACEDO E TANTOS OUTROS MILAGROSOS QUE POR AÍ EXISTEM, FOSSEM REALMENTE USADO POR DEUS, TODAS AS PESSOAS QUE OS SEGUEM JÁ OS TERIAM ABANDONADOS.
    TENHO UM AMIGO QUE DIZ O SEGUINTE: ENQUANTO EXISTIR OTÁRIO VAGABUNDO NÃO PASSA FOME.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo23:30

    Esta não é uma verdade chocante. Mas é triste que tenha demorado tanto a revelar-se.Eu tenho dificuldades em compreender como é possível que as pessoas se deixem enganar a tal ponto e por tanto tempo com gente deste tipo. Não vejo razão alguma para aceitar que qualquer sofrimento físico e/ou emocional que qualquer pessoa sinta em qualquer momento durante vida seja motivo necessário (ainda que talvez seja suficiente)para buscar "salvação" por intermédio de indivíduos como esse tal de Valdomiro Santiago. Canalhas,mentirosos ou mentes destituídas de inteligência todos aqueles que dão "testemunho" público ou que acreditam nos "milagres" de que este charlatão aí diz ser instrumento!Se temos livre arbítrio, como a maioria das pessoas diz que temos e que teria sido dado a nós por Deus, certamente há uma contrapartida nisso: Deus já não deve interferir nas nossas vidas, ainda que, como o ser maravilhoso que deva ser, queira isso. Por que então esperar qualquer coisa Dele,seja uma dádiva ou um castigo? Acordem! Não há necessidade de padres, pastores, bispas, etc,por mais idôneos que sejam, para sermos seres menos infelizes, mais espiritualizados e para termos contato com a divindade, seja isso o que for. Sejamos nós o nosso próprio instrumento de "salvação", ainda que imperfeita. Deus certamente prefere que sejamos éticos uns para com os outros e que utilizemos todas as faculdades que Ele nos deu para o bem individual e coletivo. Não é preciso que sequer reconheçamos que foi Ele quem nos deu essas capacidades. Acordem!Não nos enganemos mais achando que sentiremos Deus sem antes fazermos qualquer uso dos nossos sentidos mais humanos e mundanos. Os piores cegos são aqueles que não querem ver e a pior religião não é aquela que cega (pois isso todas fazem em certa medida), mais a que diz fazer enxergar além. E me desculpem se creem em Deus somente porque Ele nos livraria dos males e nos recompensaria com um paraíso futuro. O amar a Deus deve ser um ato EXTREMAMENTE desinteressado. Poderíamos amá-Lo somente por duas razões: a certeza de que nossa existência se deve a Ele e a de que Ele é um ser bom, ainda que não seja tão bom para nós da maneira que gostaríamos que fosse. Não amá-Lo não tem consequência alguma, exceto a de que uma declaração aberta disto por uma pessoa que estivesse sendo realmente sincera suscitaria reações dos fanáticos demasiado violentas para que a sua omissão se torne a melhor opção para a permanência de sua integridade física e mesmo "moral" perante a mentalidade dominante. É o que faço ao permanecer anônimo neste comentário.

    ResponderExcluir

Fique à vontade e seja bem vindo ao debate!