03/01/2012

Profissão de professor é a mais desejada...


Calma, calma, infelizmente não é aqui no Brasil....

Famosa pela qualidade de ensino, a Finlândia é apontada como modelo para todas as nações. Por lá, professor para entrar em sala tem, no mínimo, mestrado, e a autonomia é palavra de ordem. No Ensino Médio, por exemplo, os estudantes têm direito a escolher o que querem aprender. A carga horária não é exageradamente grande e a biblioteca é um dos passatempos preferidos. Em média, um estudante vai 12 vezes à biblioteca ao longo de um ano.

Com ajuda de especialistas, o episódio que você confere a seguir vai discutir também: como o governo conseguiu a difícil tarefa de igualar a qualidade do ensino? Por que a profissão de professor é a mais desejada pelos jovens, mesmo sem oferecer os salários mais altos da região? E aos melhores profissionais cabe a tarefa de trabalhar nas piores escolas. Por quê? Por fim, quais as lições que o mundo pode aprender com os finlandeses apesar de ser um país tão diferente? Confira o programa na íntegra com vídeo clicando aqui

3 comentários:

  1. Vlw pela divulgação.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Amigo Alexandre, eu que te agradeço pela informação, tô sempre lendo vc e postando aqui. Um grande abraço a história Viana.

    ResponderExcluir
  3. Amigo Alexandre, eu que te agradeço pela informação, tô sempre lendo vc e postando aqui. Um grande abraço a história Viana.

    ResponderExcluir

Fique à vontade e seja bem vindo ao debate!