22/10/2011

ENTERRO DE SARNEY

Minha ex-aluna do curso de Serviço Social na Unisulma, Gabriella Patriota, publicou essa pérola no facebook, sorri muito e compartilho a piada com vocês:


ENTERRO DO SARNEY
SARNEY morreu. Fizeram,então uma reunião em Brasília para decidir onde ele seria enterrado.
Um senador sugeriu: Vamos enterrá-lo no Amapá.
Então um bêbado, que não se sabe como entrou na reunião, disse com aquela entonação típica dos bebuns:
- No Amapa pode... Só não pode em Jerusalém.
Ninguém deu bola para o que ele disse.


Um PSDBsta falou: O irmão deve ser enterrado no Maranhão. Foi lá, junto com a gente, que ele viveu e fez sua carreira militar e política.
O bêbado mais uma vez interveio: No Maranhão pode... Só não pode em Jerusalém!!! Novamente, ninguém lhe deu ouvidos.
Nem no Amapá, nem no Maranhão , interveio um Pemedebista: Deve ser enterrado em Brasília, pois era Presidente da República e todos os presidentes devem ser enterrados na Capital Federal.
E o bêbado novamente: Em Brasília pode... Só não pode em Jerusalém!!!


Aí, perderam a paciência e resolveram interpelar o bebum:
- Por que esse medo de que o SARNEY seja enterrado em Jerusalém? E o bêbado respondeu:
- Porque uma vez enterraram um cara lá, e ele RESSUSCITOU !!!

4 comentários:

  1. JAMAIS DEVEMOS PRONUNCIAR OU DIVULGAR PIADAS COMO O NOME DE JESUS. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão. ÊX. 20: 7.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10:43

    ohh bobagem viu, tem gente que faz coisa pior, agora citar nome de Deus, e ele ainda diz, um cara lá; que besteira de fantatismo! Religião é uma coisa boa de vc tratar com respeito; evangelicos no minimo pra ter um fanatismo assim.

    ResponderExcluir
  3. Sirley13:06

    Piada é piada, ninguém vai para o inferno por causa disso! Devemos nos preocupar é em amar o próximo e em fazer o bem.

    ResponderExcluir
  4. Só pode ser evangelico mesmo para pensar assim.......

    ResponderExcluir

Fique à vontade e seja bem vindo ao debate!